O português está te deixando louco?Acabe com as suas dúvidas em nossa seção de dicas rápidas

Português com música

Não existe maneira melhor para enriquecer o seu vocabulário de forma descontraída e relaxante do que ouvindo música não é mesmo? Resolvemos unir as duas coisas, e agora você vai poder praticar Português enquanto conhece e curte um pouco da música brasileira além de poder entender as diferentes expressões idiomáticas que encontramos nessas canções. Aumente o som!

Dicas rápidas

Acabe com aquela dúvida que sempre te persegue na hora de escrever em Português. Esta semana
Powered by Blogger.
Sunday, May 20, 2012

PostHeaderIcon Um pequeno equívoco...












Recentemente, conversava com uma amiga de Porto rico e quando a perguntei o que ela havia feito durante o fim de semana, ela me respondeu que "havia ido onde um amigo". Só alguns minutos depois me dei conta de que ela estava se confundindo com uma estrutura usada na língua espanhola e que não é usada no Português. Imaginei que esta poderia ser uma dúvida também entre outros estudantes falantes do espanhol e por isso decidi esclarecer este pequeno equívoco na hora de dizer onde se está em português.
Ao dizer que fui à casa dos meu pais por exemplo, é incorreto dizer "fui onde meus pais". Neste caso a sentença fica incompleta e sem coerência pois não se cria ligação entre o substantivo "pais" e qualquer outro verbo. Deve-se dizer "fui à casa dos meus pais" ou "fui até a casa dos meus pais" dando coêrencia a frase.
Erros como este são extremamente comuns e qualquer estudante de língua estrangeira está sujeito a cometê-los. Eu mesmo me confundo inúmeras vezes entre a estrutura gramatical da língua portuguesa e da língua inglesa a qual me dedico já a algum tempo. Este pequeno deslize pode tornar a sua fala ou o seu texto incompreensíveis para um falante nativo. O segredo para abandonar de forma natural e gradativa os vícios da sua  língua nativa é simplesmente ouvir, ouvir e por último, ouvir. É isso mesmo! dedique-se a treinar o seus ouvidos a se familiarizarem ao máximo com a língua estudada e faça como uma criança que aprende a falar e aos poucos vai aperfeiçoado sua fala por ouvir os adultos a sua volta falando. Aprenda a raciocinar em Português e mantenha-se sempre em contato com a língua, desta forma erros como o citado no início ocorrerão com cada vez menos frequência e sua confiança ao se comunicar no novo idioma aumentará cada vez mais.

Espero ter ajudado. Obrigado a todos e bons estudos!





Wednesday, April 4, 2012

PostHeaderIcon Podcast 04 – Sob-risco de demissão




Transcrição:

   Bem vindos ao Português para estrangeiros. Eu sou Rafael Reis, chegando até você das fabulosas montanhas de Minas Gerais, sudeste do Brasil. Esse é o nosso podcast de número 4. Os podcasts vão ajudar você, a adquirir vocabulário e a melhorar o seu Português ainda mais rápido. Visite pepodcast.blogspot.com.br hoje mesmo e confira todas as novidades. Se torne um membro, porque não? É grátis e é fácil, como aprender Português. O título do nosso podcast de hoje é “Sob-risco de demissão”. Podemos começar?

Trabalho em uma empresa de alimentos há mais de cinco anos. Tudo ia bem até que na semana passada surgiu entre os funcionários um boato de que haveria uma demissão em massa. A empresa estava passando por maus lençóis e havia um grande risco dos funcionários com mais tempo de casa como eu serem demitidos.
Resolvi então passar a história a limpo, e conversar diretamente com o gerente da empresa. Assim que o perguntei se o boato era mesmo real, ele deu uma gargalhada e disse: “São só boatos, não se preocupe nossa empresa nunca esteve tão bem.”
 Fui para casa mais tranquilo naquele dia. A demissão em massa como diziam não aconteceu, mas na semana seguinte uma meia dúzia de funcionários foram demitidos. Percebi então que precisava ficar esperto, afinal, em todo boato existe um fundinho de verdade.


A narração começa com o personagem dizendo que trabalha em uma empresa de alimentos há mais de cinco anos. Ele diz: “Tudo ia bem até que na semana passada surgiu um boato de que haveria uma demissão em massa...” Um boato é comentário ou notícia que se espalha entre várias pessoas e não se tem confirmação ou certeza da sua veracidade*, uma notícia sem fundamento. Demissão é quando um funcionário de uma empresa, (também hoje em dia usa-se a expressão colaborador) é desligado de suas funções, deixa de ser um membro daquela empresa. Isto pode ocorrer por uma série (um grande número) de motivos como não exercer suas funções da maneira esperada ou não apresentar um comportamento aceitável perante** os outros colaboradores ou supervisores, enfim. Uma demissão em massa é quando um grande número ou até mesmo todos os funcionários de uma determinada empresa ou de um determinado setor da empresa são demitidos (desligados da empresa). Existe um diferença porém, entre ser demitido e se demitir. Ser demitido significa sofrer uma demissão. Ocorre quando o empregador; seu chefe solicita que você seja desligado da empresa. Se demitir é quando o empregado, funcionário, colaborador deseja ser desligado da empresa em que trabalha e por este motivo solicita a sua demissão.  
O personagem continua dizendo que a empresa estava passando por maus lençóis. Primeiramente, a expressão passar por nem sempre significa literalmente percorrer ou cruzar determinado local. Passar por também é usado para indicar a ideia de vivenciar algo. Se eu digo que alguém passou por muitos problemas, isto significa que esta pessoa vivenciou muitos problemas. Dizemos que uma pessoa passou fome (note que aqui não usamos por) quando ela vivenciou uma situação de fome. Podemos dizer que passou frio, medo, etc.


Resumindo: Passar por uma situação é o mesmo que vivenciar uma situação.


A expressão passar por maus lençóis, no entanto, significa passar por uma situação muitíssimo complicada. Muito difícil. Dizemos que quando alguém enfrenta sérios problemas como os de saúde ou financeiros, por exemplo, esta pessoa está passando por maus lençóis.
Ele diz que havia um grande risco de funcionários com mais tempo de casa como ele serem demitidos. Funcionários com mais tempo de casa são funcionários que trabalham em uma determinada empresa a muito tempo, geralmente a mais tempo do que a maioria. Tempo de casa se refere ao período em que o funcionário trabalhou ou trabalha naquele lugar.
Ele continua dizendo que resolveu passar a história a limpo, e conversar diretamente com o gerente da empresa. Passar algo a limpo é uma expressão muito comum que significa comprovar a veracidade dos fatos, apurar se aquele fato é realmente verdadeiro.
“Assim que o perguntei se o boato era mesmo real...”, ou seja, logo que fiz a pergunta, quase que no mesmo instante, “... ele deu uma gargalhada (começou a rir bem alto) e disse: São só (apenas, nada além de) boatos, não se preocupe, nossa empresa nunca esteve tão bem.”
“Fui para casa mais tranquilo naquele dia. A demissão em massa como diziam os boatos não aconteceu, mas na semana seguinte uma meia dúzia de funcionários do meu setor foram demitidos.”
Meia dúzia é o mesmo que seis; metade de uma dúzia que é doze. No entanto o personagem não quer dizer no texto que exatamente seis funcionários foram demitidos, usamos a expressão uma meia dúzia quando não sabemos o número exato, mas sabemos que é um número pequeno, talvez próximo de seis. Muitos dizem: “Havia uma meia dúzia de carros parados em frente ao prédio” uma média de seis carros, mas não exatamente seis.
Bem, ele termina dizendo: “Percebi então que precisava ficar esperto, afinal, em todo boato existe um fundinho de verdade.” Ficar esperto significa ficar alerta, prestar atenção no que acontece a sua volta a fim de se preparar para qualquer eventualidade***.
Dizer que há um fundinho de verdade em algo, significa que por mais que algo soe como (tenha características de) uma mentira ou como uma brincadeira existe alguma verdade, ou alguma intenção por trás daquilo que foi dito.  

Vamos ouvir a narrativa desta vez na velocidade normal.

O Português para estrangeiros é escrito e produzido por Rafael reis, e os boatos são mesmo verdade; não há lugar melhor para melhorar o seu Português do que com a gente. Deixe seus comentários e sugestões e volte sempre para continuar aprendendo. Bons estudos!

 
Vocabulário:

* Veracidade (s.) verdade, veridicidade

** Perante (prep.) diante, na presença de

*** Casualidade (s.) evento casual 


Friday, December 2, 2011


E o que o gato tem a ver com isso?

Por algum motivo ainda desconhecido o nosso pobre amigo gato se tornou ao longo dos anos alvo dos mais diversos tipos de preconceitos. Isso fica muito evidente na forma como o animal é associado em diversas expressões idiomáticas a algo ruim. Vejamos algumas delas:

Capar o gato:

"Capar" significa castrar (remover os órgãos genitais de um animal). A expressão coloquial capar o gato é usada quando alguém está de saída devido a algum outro compromisso. Daí se diz: "Preciso capar o gato", ou seja, "Preciso ir embora neste instante". 

Amarrar o gato:
Quando alguém precisa urgentemente usar o banheiro usa-se a expressão amarrar o gato. No entanto essa expressão soa um tanto quanto estranha e não é muito usada.

Gato escaldado tem medo de água fria:

Assim como um gato que talvez tenha tomado um banho frio e agora tem medo de água, alguém pode passar a temer ou ter receio de algo por já ter tido uma experiência ruim com relação àquilo anteriormente.

Trocar gato por lebre:

Se alguém troca gato por lebre significa que foi enganado pensando estar adquirindo um produto que na verdade era outro.

Um olho no prato e o outro no gato:

Ser há um gato por perto na hora do jantar é bom tomar cuidado, um minuto de descuido e lá se foi aquele bife suculento. Manter um olho no prato e o outro no gato significa ficar atento aos riscos a sua volta enquanto se faz algo.

Além disso, em muitas culturas pelo mundo o gato é associado à má sorte. Quem nunca ouviu dizer que um gato preto atravessando o caminho dá azar? Quem rouba é chamado de "gatuno". Existe também uma canção infantil muito popular no Brasil nas décadas passadas chamada "Atirei o pau no gato". A canção que hostiliza o pobre animal é considerada por muitos como politicamente incorreta e recebeu várias versões modificadas que visavam mudar a ideia original da música. Ouça e tire suas próprias conclusões:  



Há quem ame os gatos, e tem dezenas deles em casa, outros já não gostam tanto e preferem os cães. Independente disso os pequenos felinos de sete vidas conquistaram o seu lugar de destaque na cultura linguística do Brasil e do mundo. 

Vocabulário 


Ao longo dos anos – Durante a passagem dos anos

Urgentemente (adv.) – Com urgência, Imediatamente. 

Um tanto quanto – De certa forma.

Suculento (adj.) – Carnoso sucoso.

Azar (s.) – Contratempo, má sorte, transtorno.

Hostiliza (v.) – Cria inimizade, indispõe.


Sunday, September 4, 2011

PostHeaderIcon Um pouco sobre cultura brasileira



Um pouco sobre
Cultura brasileira



Baixar esse podcast


Bem vindos ao estado de São Paulo!


Olá! Estão todos a fim* de mais uma aventura pelo Brasil? Vocês já conhecem o estado de Minas Gerais, minha terra-natal, hoje irei falar para vocês um pouco mais sobre o estado de São Paulo, que é bem próximo ao estado de Minas. Ambos pertencem à região Sudeste do Brasil que juntamente com o estado do Rio de janeiro formam o mais importante polo econômico do país. Podemos começar?

     São Paulo é o estado mais desenvolvido do Brasil, e é porta de entrada para muitos migrantes de todas as partes do país. Esse estado, recebe a cada dia que se passa, uma pessoa à mais de um outro estado brasileiro, portanto, a diversidade cultural, dialética, e culinária, é um ponto característico de São Paulo. Paulistas é como são chamados aqueles que nascem no estado brasileiro de São Paulo.
Arroz com feijão e acompanhamentos
Prato típico brasileiro muito consumido
em grandes cidades como São paulo.

A culinária Paulista recebe muitas influências da culinária dos demais estados brasileiros, e é difícil dizer que há um legítimo prato paulista. Não só naquele estado mas como em vários outros, é consumido em grande parte das casas, o famoso Arroz com Feijão como prato principal, diversos tipos de carnes, verduras e legumes como cenouras e batatas, são na maior parte das vezes o prato mais consumido pelos paulistas. Quando o assunto é doces, devemos citar um dos mais famosos doces brasileiros: o BRIGADEIRO; que teve sua origem no século XX, e ganhou esse nome em homenagem a um político da época. O doce é feito de chocolate e leite condensado.
brigadeiro

São Paulo é um estado que abriga uma grande variedade de recursos naturais, alguns deles são as lindas praias que se encontram no litoral paulista. As praias mais famosas são as da Baixada Santista, de Itanhaém e de Guarujá. Ao pegar a estrada** em direção ao interior paulista nós podemos admirar paisagens bucólicas, que são sem dúvida alguma, encantadoras. Há um grande numero de florestas que preservam sem a presença do homem, o aspecto natural que a natureza nos oferece.

Capital de São paulo
São paulo

A capital do estado de São Paulo é também chamada de São Paulo, sem dúvida que essa cidade é a mais "acesa" do Brasil. Um dos grandes destaques dessa cidade é o enorme número de prédios e de carros que circulam pela cidade. Bares, casas de shows e boates, estão presentes na maioria das regiões da cidade, atraindo cada vez mais o publico jovem e adulto. Na região de SP, há também
Praia de Itanhaém

Parques ecológicos e áreas de lazer que em meio à grande “selva de pedras”, levam ao paulistano um pedacinho do interior, e um pouco de distração e tranquilidade.
Quando falamos de cultura, referindo a São Paulo, podemos ir muito longe. São Paulo é uma cidade, que igual à culinária, tem um pedacinho de cada estado Brasileiro.

Na música, existem estilos para todos os gostos musicais, e com certa frequência há sempre artistas de fora se apresentando nas áreas paulistanas.

Memorial da américa latina

Em São Paulo, existem grandes acervos de arte, os mais conhecidos são: memorial da América latina, Museu de arte moderna, Museu de arte do estado de são Paulo, e a Pinacoteca. A cidade oferece também, uma vez por ano, um evento chamado virada cultural, que são 24 horas de musica sem parar, o evento acontece geralmente de sábado para domingo, e sempre vêm artistas de fora para cá***.


Espero que tenham gostado do nosso passeio por São Paulo. Esse texto foi enviado pelo meu grande amigo Arlindo que é Paulista e esta semana dividiu um pouquinho da cultura do seu estado conosco. Nas próximas semanas estaremos conhecendo outros estados do Brasil. Até lá!


*      Disposto, com vontade
**    Viajar por meio de veículo terrestre (carro, motocicleta, etc.).
***  Aqui.  

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Todos os direitos reservados

myfreecopyright.com registered & protected

Store

Store
Um guia completo com as principais expressões idiomáticas usadas no Brasil R$ 19.90

Newsletters

Followers

Parceiros

Visitors


Visitantes